A Escola Profissional de Salvaterra de Magos foi uma das 8 escolas, em todo o território nacional, convidadas a integrar o projeto SER PRO, no âmbito da Iniciativa Educação, promovida pela Fundação Teresa e Alexandre Soares dos Santos.
A iniciativa foi apresentada à comunicação social esta 3ª feira, tendo contado com uma ampla cobertura e disseminação a nível nacional, quer através da imprensa, quer através dos vários canais de televisão. Esta apresentação pública foi conduzida pelo antigo Ministro da Educação, Nuno Crato, que irá liderar um projeto cujo arranque contou com um investimento inicial de 20 milhões de euros e que tem por objetivo contribuir para a melhoria da qualidade do ensino em Portugal.
O SER PRO é um dos projetos desenvolvidos no âmbito desta iniciativa e foca-se na valorização do ensino profissional, procurando colaborar na adaptação dos cursos profissionais ao mercado de trabalho, no contexto socioeconómico atual. Para isso, coloca-se a tónica aproximação cada vez maior entre escolas, empresas e autarquias, visando uma conjugação de sinergias na construção de cursos que, ao mesmo tempo que correspondem àquelas que são as expetativas e motivações dos jovens, consigam também responder às reais necessidades do tecido empresarial em termos da qualificação dos seus quadros técnicos contribuindo, em última instância, para o desenvolvimento socioeconómico das regiões e do país.
Para o arranque deste projeto-piloto foram convidadas apenas 8 escolas em todo o país, entre as quais a Escola Profissional de Salvaterra de Magos, cujo contributo tem sido alvo de reconhecimento por parte da equipa responsável pela dinamização do projeto. Partilhando dos valores e princípios que fundamentam a Iniciativa Educação e que norteiam a respetiva ação, a EPSM procura estar na vanguarda da inovação pedagógica, respondendo ao desafio de integrar um projeto inovador em Portugal, cujos principais objetivos se coadunam com aquela que é a missão assumida pela escola há quase 3 décadas. No decurso dos trabalhos, a EPSM tem contado com o inestimável apoio do Município de Salvaterra de Magos, fundamental ao sucesso da sua participação nesta iniciativa.